Materiais de construção sustentáveis

Materiais de construção sustentáveis

Escrito por Alinea Urbanismo | 22.09.2021

A crescente demanda por sustentabilidade atinge inúmeros setores da economia e o segmento da construção civil está entre os maiores poluidores do meio ambiente. Não é novidade para ninguém que o setor consome muitos recursos naturais e gera quantidades exorbitantes de resíduos.

Daí a urgência que o assunto esteja em pauta e seja cada vez mais discutido entre os atores do setor, seja para reformular velhos hábitos ou investir em tecnologias alternativas ecológicas, que já estão disponíveis no mercado brasileiro.

Dessa forma, entre os principais desafios estão questões como o efeito nocivo da extração de matéria-prima e o elevado uso da energia elétrica. Processo que está em prática há muitos anos e já causaram, em algumas regiões, efeitos irreversíveis.

Por isso, se torna tão importante buscar minimizar os impactos provocados pelas construções futuras. Investindo, principalmente, em técnicas alternativas que auxiliam de fato na preservação do meio ambiente, como, por exemplo, o uso de materiais sustentáveis, que muitas vezes iriam parar no lixo, sobrecarregando os canteiros de obras.

Além disso, é importante a adoção de técnicas de construção mais sustentáveis, com preferência pelo uso de materiais ecoeficientes. E que o uso da energia renovável se torne prioridade. Ao minimizar os efeitos negativos, estas práticas também geram economia para a empresa e melhoram a sua imagem junto aos clientes.

Você sabe quais são as práticas que adotam esse tipo de cuidado? Separamos algumas dicas, com materiais sustentáveis específicos que são sucesso e não oferecem desvantagens para o projeto. Tanto no que diz respeito à qualidade, quanto aos benefícios trazidos por alguns tipos de produtos mais tradicionais. Confira:

Tijolos ecológicos

Produzidos a partir de misturas, eles podem ser fabricados a partir de compostos de areia, resíduos de construção ou areia, água e cimento, por exemplo. O tijolo ecológico é um ótimo isolante térmico e acústico, mas o seu maior diferencial está na maneira como é fabricado. Nesta modalidade, o tijolo é formado em prensa hidráulica e não por queima. Além disso, outra vantagem vem do formato do produto. Ele é produzido com sistema de “travas” por meio de furo e encaixes e, portanto, não há a necessidade do uso excessivo de argamassa.

Lâmpadas em LED

Eficiência elétrica é o ponto forte da contribuição das lâmpadas LED na construção. Elas consomem menos energia, auxiliam no controle de temperatura de ambientes e têm vida útil de 15 a 25 anos. Além disso, elas têm baixa demanda de manutenção, não emitem raio ultravioleta e nem infravermelho, fatores que reduzem bastante o impacto ao meio ambiente e à conta no final do mês.

Adobe

O bloco de adobe é produzido apenas com água, terra e fibra natural (palha, esterco e outros produtos naturais) e pode ser feito na própria obra. Extremamente antiga, esta tecnologia sustentável está presente na construção da Muralha da China. No Brasil, a técnica está presente pelo interior do País, com destaque para regiões da Bahia, Minas Gerais e Goiás.

Concreto reciclado

Esta é uma alternativa sustentável ao descarte. Dessa forma, o concreto reciclado é basicamente o uso dos resíduos da própria obra para substituir parcialmente — ou totalmente — os materiais de fontes naturais. Assim, outros materiais como tijolos, cerâmicas, argamassa, fragmentos de concreto, que iriam para o lixo, por exemplo, são reutilizados e acrescentados à mistura. Tudo isso obtido via britagem, operações de separação ou beneficiamento.

Materiais biodegradáveis

Os materiais biodegradáveis são produtos sustentáveis que reduzem a poluição e contribuem com a redução do lixo nas cidades. Entre os principais pontos positivos está o fato de serem compostos por elementos orgânicos, que se decompõem no meio ambiente em um curto espaço de tempo. Na construção civil, os materiais de acabamentos normalmente possuem componentes poluentes. Por isso, as indústrias já estão em busca de criações em versões ecológicas como, por exemplo, as tintas produzidas a partir de pigmentos naturais, minerais e da proteína do leite.

Isolamento ecológico

Isolar paredes de umidade, ruído e trocas muito grandes de calor são pontos importantes para a sustentabilidade na construção civil. Algumas soluções ecológicas são feitas a partir do jornal, papelão, plástico de garrafa PET e tecido jeans. Alternativas que, além de tudo, promovem a reciclagem do lixo produzido diariamente pela população.

Por

Alinea Urbanismo


Localizada na cidade de São José, na Grande Florianópolis, a Alínea Urbanismo trabalha para transformar mercados e levando, para as regiões de seus empreendimentos, urbanização e uma nova dinâmica.

contato
Dicas

Terrenos como investimento para a casa própria

Escrito por Alinea Urbanismo | 04.10.2021

Dicas

Mercado de lotes em alta

Escrito por Alinea Urbanismo | 30.09.2021

Desenvolvido por wid.studio