Lareira: qual o melhor tipo?

Lareira: qual o melhor tipo?

Escrito por Alinea Urbanismo | 12.05.2021

Com a chegada do inverno, também vem a preocupação de como se aquecer durante esse período de frio. Além de muito agasalho e cobertas quentinhas, sempre vale a pena recorrer a artifícios complementares, como, por exemplo, as lareiras. Principalmente em casas, já que geralmente os ambientes são maiores do que nos apartamentos. E neste caso, muitas vezes os aquecedores não dão conta de deixar o local com uma temperatura mais agradável.

Desde as tradicionais, com a queima de lenha, até as mais modernas a gás. Com layout robusto, de alvenaria, ou os mais requintados, com direito a versão de vidro ou mármore. Elas são ideais para aquecer o ambiente e ainda dão um charme todo especial à decoração, potencializando a sensação de aconchego no espaço.

E se engana quem pensa que para ter esse conforto em casa é preciso um grande investimento. Com diferentes tamanhos e sistemas de combustão, hoje em dia o mercado oferece opções para todos os gostos, bolsos e espaços, inclusive com modelos portáteis. Por isso, separamos os principais modelos para te ajudar nessa escolha. Confira:

Clássica

Quem nunca se imaginou sentado em frente à lareira sentindo o calor do fogo e ouvindo o estalar da lenha queimando? As lareiras clássicas são normalmente o ponto central da sala. Produzido à base de tijolos, o projeto precisa ser pensado desde o início da concepção do espaço, pois exige o uso de mão de obra qualificada para a sua construção. O principal desafio está na execução de chaminé ou duto para a exaustão, para que a fumaça não volte para dentro de residência.

Outra boa opção são os modelos pré-fabricados, comprados praticamente prontos. Esse tipo de lareira vem em módulos, fáceis de montar, além de se adaptar tanto em casas quanto em terraços de apartamentos.

Ecológica

Práticas, modernas e sustentáveis, as lareiras a álcool são de fácil instalação. Basta encaixar o queimador de inox em uma base de alvenaria revestida ou em algum móvel, desde que o revestimento seja resistente ao calor. Esse tipo de equipamento funciona com um biofluído, como o etanol, que queima de maneira mais limpa, sem fazer fumaça ou sujeira. Mas para isso, é preciso que o local de instalação tenha uma boa ventilação.

Elétrica

É a queridinha dos arquitetos! Versátil, ela pode compor o ambiente em praticamente qualquer espaço da casa. Além é claro, de trazer chame e um toque de modernidade para a decoração. Este modelo é portátil e conta com excelente poder de calefação.

A Gás

Assim como a lareira ecológica, a versão a gás também dispensa o uso de lenha e dutos de exaustão. Ela é uma ótima opção para quem busca algo moderno, mais limpo e prático de usar. Principalmente porque não necessita de limpeza após o uso, pois não acumula nenhum resíduo proveniente da queima. Seu funcionamento é semelhante aos dos chuveiros a gás, acoplada a um duto de gás natural ou em um botijão comum (GLP).

Além disso, está disponível no mercado em dois modelos: com pedras vulcânicas sobre os queimadores ou com lenhas de cerâmica refratárias. Entre as vantagens está a segurança do equipamento e a possibilidade de controle dos custos quanto a sua utilização.

Portátil

Esse tipo de lareiras está disponível nos modelos elétricos ou ecológicos, sendo que o seu diferencial está no fácil transporte. Ela pode ser levada para qualquer ambiente da casa, ou até mesmo e viagens. Além disso, são ótimas peças para compor uma decoração mais moderna e arrojada, principalmente pelo design diferenciado.

Calefator

Uma mistura entre lareira e aquecedor, os calefatores são uma outra opção para aquecer os ambientes sem a necessidade de grandes obras ou reformas. Disponível em diversos tamanhos, o equipamento funciona como uma lareira fechada, na qual a lenha ou os pellets (pequenos cilindros formados por serragem de madeira comprimida) queimam para emitir calor.

Por

Alinea Urbanismo


Localizada na cidade de São José, na Grande Florianópolis, a Alínea Urbanismo trabalha para transformar mercados e levando, para as regiões de seus empreendimentos, urbanização e uma nova dinâmica.

contato
Dicas

Benefícios do jardim de inverno

Escrito por Alinea Urbanismo | 28.05.2021

Dicas

Lavabo: funcionalidade e sofisticação

Escrito por Alinea Urbanismo | 14.05.2021

Desenvolvido por wid.studio